Pesquisas da EESC recebem destaque no Prêmio Tese Destaque USP

A tese de doutorado Redução da dose de radiação em tomossíntese mamária através de processamento de imagens, defendida no Departamento de Engenharia Elétrica e de Computação (SEL) da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP, recebeu o Prêmio Tese Destaque USP de 2019, na categoria Engenharias.

 

eesc destaque

 

O trabalho é de autoria de Lucas Rodrigues Borges e foi orientado pelo professor Marcelo Andrade da Costa Vieira, por meio do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da EESC. No estudo, os pesquisadores criaram uma técnica capaz de restaurar imagens de mamografia 3D obtidas com até 30% a menos de radiação, mantendo a qualidade do exame. O autor do trabalho receberá um prêmio no valor de R$ 10 mil, enquanto o orientador, R$ 5 mil.

 

A pesquisa desenvolvida no SEL já havia sido reconhecida em dois grandes eventos científicos da área de Engenharia Elétrica. O primeiro foi The 13th International Workshop on Breast Imaging, realizado em 2016, na Suécia, onde o trabalho foi considerado um dos cinco melhores da conferência. Já em 2017, um artigo apresentado por Lucas ficou com o prêmio de segundo lugar na SPIE Medical Imaging, realizada nos Estados Unidos. Em 2018, o trabalho de doutorado ainda recebeu menção honrosa no Prêmio Capes de Tese, promovido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

 

Além dessa premiação, a aluna de doutorado do Programa de Pós Graduação em Geotecnia da EESC Vanessa Almeida de Godoy, recebeu uma Menção Honrosa pela trabalho Mudança de escala do fluxo de água e do transporte de massa em um solo tropical: estudos numéricos, laboratoriais e de campo. Essa pesquisa é desenvolvida em um programa de dupla-titulação com a Universitat Politècnica de Valência, Espanha, sob orientação do professor do Departamento de Geotecnia (SGS), Lázaro Valentim Zuquette, e do professor da universidade estrangeira, Jose Jaime Gómez-Hernández.

 

O Prêmio Tese Destaque USP tem como objetivo estimular atividades de pesquisa dos alunos e professores da pós-graduação da USP, de forma a estimular a constante busca pela excelência na pesquisa. Os critérios da premiação consideraram a originalidade do trabalho, a relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação, além do valor agregado ao sistema educacional.

 

 

Por Assessoria de Comunicação da EESC com informações da Assessoria de Comunicação do SEL
Imagem: Adaptação de USP Imagens

 

 

EESC para você         

Autonomia Universitária

Mais Buscados

Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo.