EESC atrai mais de 700 alunos do ensino médio em visita monitorada

No último dia 12 de abril a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP realizou mais uma edição da visita monitorada com alunos do ensino médio de várias escolas públicas e particulares do Estado de São Paulo. No total participaram da programação 788 estudantes vindos das cidades de Guariba, São João da Boa Vista, Bebedouro, Amparo, Jaú, Tatuí, Rio Claro, Araraquara, São Carlos, Pirassununga, Lençóis Paulista, Piracicaba, entre outras.

eesc visita monitorada ensino medio02 site

A iniciativa faz parte do Programa USP e as Profissões, coordenado pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP, e é promovida pelo Grupo Coordenador de Atividades de Cultura e Extensão do Campus da USP em São Carlos.

 

A abertura do evento ocorreu de forma unificada com as demais unidades no Salão de Eventos do Campus. Os visitantes que optaram em saber mais sobre os cursos de engenharia permaneceram no local para participarem da apresentação do presidente da Comissão de Cultura e Extensão Universitária (CCEx), professor Eduardo Assada, o qual falou brevemente sobre a Escola e a profissão de engenheiro.

 

De acordo com Asada "a proposta da programação da EESC foi levar aos estudantes em fase preparatória para o vestibular, mais informações sobre os 10 cursos de engenharia da Escola por meio de conversas com os docentes e visitas aos laboratórios de ensino e pesquisa da unidade". 

 

Em seguida os alunos caminharam pelo Campus, conhecendo o Centro de Educação Física, Esportes e Recreação (CEFER), o Restaurante Universitário (RU) e o Centro Acadêmico Armando de Salles Oliveira (CAASO), até chegarem ao Espaço Primavera, localizado no piso térreo do Bloco E-1. Os estudantes interessados nos cursos de Engenheira Aeronáutica e Engenharia de Materiais e Manufatura foram levados à Área 2 do Campus para conhecerem as dependências dos respectivos departamentos e laboratórios.

 

eesc visita monitorada ensino medio07 siteSegundo Asada, é importante dar clareza ao estudante sobre o potencial crescimento humano a ser obtido em uma vida universitária, sobretudo em uma das melhores universidades do País. "A oportunidade de conhecer diferentes modalidades de cursos de engenharia, toda a infraestrutura disponível e a possibilidade de interações com pesquisadores internacionais e pessoas de diferentes cidades auxiliam na escolha que afetará suas vidas durante o período universitário", destacou o docente.

 

Durante a visita, os alunos puderam conversar mais com os coordenadores de curso, membros da CCEx e docentes para tirarem suas dúvidas sobre a graduação e obterem mais informações sobre as áreas de mais interesse. Além disso, puderam também conhecer os departamentos e laboratórios do Campus, além de alguns dos grupos de atividades extracurriculares da EESC, como as equipes campeãs premiadas em importantes campeonatos como Formula, Baja, Tupã, Semear, Wathorg e Semente.

 

Impressionados com tudo que estavam conhecendo na Escola, os alunos ficaram muito atentos ao bate-papo com os professores e também muito curiosos em saber mais dos protótipos de carros e robôs expostos pelos graduandos.

 

A professora do Departamento de Engenharia Mecânica, Luciana Montanari, coordenadora da Comissão de Coordenação do Curso de Engenharia Mecânica prestou esclarecimentos aos estudantes interessados pelo curso. Segundo ela, as principais dúvidas foram sobre a gratuidade dos cursos da USP, o mercado de trabalho do engenheiro mecânico, as oportunidades de intercâmbio com universidades estrangeiras, se o curso é oferecido em período integral e se há muitas disciplinas da área de matemática e física.

eesc visita monitorada ensino medio19 site

As mesmas atividades foram realizadas no período da tarde com mais uma turma de estudantes. "Percebi que os alunos gostaram muito da visita aos laboratórios e de ficarem bem próximos às pesquisas desenvolvidas no Departamento, além de conversarem com os graduandos sobre projetos extracurriculares. Eles ficaram impressionados em saber da possibilidade de se construir um carro de competição ainda como estudantes da universidade" comentou Luciana.

 

A cada ano a EESC recebe um número significante de estudantes do ensino médio. Para Asada é possível apontar um fator relevante para que os cursos de engenharia sejam os mais visados. "A sociedade brasileira demanda melhorias na infraestrutura e qualidade de vida, e os engenheiros exercem papel fundamental nessas ações. Essa percepção aliada à qualidade e à abrangência da Escola – que possui reconhecimento internacional – atrai cada vez mais interessados, inclusive de alunos estrangeiros", explicou o presidente.

 

Por Keite Marques da Assessoria de Comunicação da EESC
Fotos: Keite Marques

 

 

EESC para você         

AlumniUSP

Mais Buscados

Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo.