Engenharia Mecatrônica

Apresentação

 

A meta do curso é formar Engenheiros que tenham uma sólida formação básica e profissional, mas principalmente se caracterizem como DESENVOLVEDORES. Sob perfil DESENVOLVEDOR entende-se um profissional capaz de criar novos produtos e processos a partir da síntese ou da integração de diferentes tecnologias contemporâneas. Um profissional com: postura pró-ativa, confiante e criativa; habilidade para organizar, planejar e se expressar; e capacidade de liderança e trabalhar em equipe;

O perfil atende uma tendência crescente de oportunidades para profissionais autônomos, consultores e pequenos empresários. Ao mesmo tempo em que amplia as chances daqueles alunos que buscam colocações tradicionais em empresas.
A formação técnico-científica garante sólido conhecimento das inter-relações técnicas, das conexões com o meio social e com o meio ambiente. Propõe-se formar um profissional com uma sólida base em mecânica e com conhecimentos equilibrados em eletrônica e computação.


Disciplinas

 

O processo de ensino-aprendizagem da Engenharia transcende o estudo de atividades técnicas. O currículo envolve atividades que aumentam em complexidade à medida em que o curso avança. Do primeiro ao quarto semestre, as disciplinas de Matemática, Física e Química oferecem ao aluno as ferramentas básicas para a modelagem de fenômenos reais. A disciplina de Introdução á Engenharia tem como função integrar o aluno ao curso. As formações em computação e desenho técnico já constituem formas de capacitação profissionalizante. O aluno passa a conhecer e resolver problemas clássicos e de interesse profissional. Do quinto ao oitavo semestre, o aluno passa a cursar as disciplinas de formação em Mecânica, Elétrica e Computação. Do nono ao décimo semestre, as disciplinas têm a função de integrar os conhecimentos adquiridos nos semestres anteriores e apresentar novas tendências tecnológicas. O trabalho de final de curso e as atividades de estágios em empresas complementam a formação.


Extracurricular

 

Uma das principais qualidades dos cursos de Engenharia da EESC são as diferentes atividades que complementam a formação do aluno fora da sala de aula. No curso de Engenharia Mecatrônica destacam-se as seguintes atividades:

  • Iniciação Científica nos inúmeros laboratórios e departamentos da EESC bem como nos laboratórios dos Institutos da USP Campos de São Carlos
  • Projeto SENA - Automóvel robô autônomo
  • USPdroids - Grupo de Futebol de Robôs
  • Semana da Mecatrônica www.sematron.eesc.usp.br

O Centro Acadêmico (CAASO) e a Secretaria Acadêmica da Eng. Mecatrônica (SADEM) oferecem oportunidade aos alunos para ampliar suas experiências sociais e culturais.


O profissional

 

O Engenheiro Mecatrônico combina tecnologias recentes das áreas de mecânica, eletrônica e computação de diferentes maneiras: introduzindo novas tecnologias nos sistemas produtivos e melhorando a qualidade dos produtos gerados nas empresas; automatizando os processos produtivos, proporciona aumento de produtividade e competitividade para a indústria nacional e consequentemente a expansão do parque produtivo brasileiro; criando novos produtos, tem revolucionado a vida em sociedade, trazendo também as mudanças para fora das fábricas.

Máquinas fotográficas autofoco, sistemas automotivos (ABS, airbag, etc.), robôs para atividades domésticas, máquinas de lavar roupas inteligentes, AUV (robôs submarinos), UAV (aviões robôs), são exemplos desta atuação.

 

Palavra do profissional

A Engenharia Mecatrônica me proporcionou uma visão abrangente da área de exatas. No mercado de trabalho percebi que tudo está interligado: mecânica, elétrica, automação, e até mesmo infra-estrutura. Temos que ter conhecimento de diversas áreas, para encontrar a melhor solução para resolver problemas. E é isso que o curso nos possibilita.

Trata-se de uma grade curricular bastante completa, abrindo várias áreas de conhecimento que podemos desenvolver dentro do próprio curso com atividades extracurriculares, como iniciação científica. Assim ao final da graduação podemos escolher até mesmo em seguir uma carreira científica ou acadêmica, cursando mestrado e doutorado; ou irmos para o mercado de trabalho com uma ótima bagagem de conhecimento para desenvolvimento profissional.

André Luís Dias

Engenheiro de Desenvolvimento de Negócios Automation & Drives – Low Voltage Controls and Distribution Siemens Ltda.


EESC para você         

AlumniUSP

Mais Buscados

Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo.