Engenharia de Materiais e Manufatura

       [+] Site do curso

 

Apresentação

 

Na conceituação tradicional, os cursos de Engenharia de Materiais, quase exclusivamente, focam seus interesses no desenvolvimento e na produção dos materiais, sendo que sua aplicação em projetos e manufatura ocorre de maneira desconexa com o desenvolvimento do material. As relações clássicas Materiais & Manufatura (busca de adequação dos processos de manufatura aos novos materiais), Materiais & Projeto (escolha de materiais para atendimento aos requisitos de projeto) e Projeto & Manufatura (que visa adequar o produto aos processos de manufatura) são desenvolvidas em modalidades clássicas da engenharia. Em uma nova abordagem, as soluções dos problemas de engenharia, desde a concepção até o possível reaproveitamento do produto, não seriam obtidas a partir apenas das relações diretas entre duas áreas, como, por exemplo, Materiais & Manufatura, mas sim objetivando atingir a relação mais abrangente entre três áreas: Projeto & Materiais & Manufatura. Com base nessa nova conceituação, o curso de Engenharia de Materiais & Manufatura englobará numa mesma modalidade essas três relações clássicas, transformando-as em uma nova relação tripartite.


Disciplinas

 

As disciplinas do curso de Materiais & Manufatura estão divididas em Disciplinas de formação Básica, de formação profissional geral, de formação profissional específica e eletivas. Já no primeiro ano o aluno terá contato com disciplinas de engenharia e disporá de laboratórios equipados para desenvolver as atividades com as quais tenham afinidades. Os alunos serão tutoriados desde o inicio até o final do curso.

As disciplinas são divididas na seguinte proporção:

• 25% Básicas (Matemática, Computação, Física e Química)

• 35% Materiais

• 32% Projeto e Manufatura

• 8% Outras

Os Laboratórios de Materiais serão de grande importância para o desenvolvimento do curso de engenharia proposto, dada a intrínseca relação entre projeto, materiais e processos de fabricação. Assim, os alunos terão conhecimento de toda a cadeia produtiva de um produto desde a concepção da ideia, projeto, escolha do material e quais os tratamentos necessários para que este seja obtido, escolha do processo de fabricação mais adequado ao produto e ao meio ambiente e o piano de reciclagem do produto após a sua vida útil.

O aluno aprenderá a trabalhar em equipes no decorrer dos anos do curso. As equipes irão evoluindo de acordo com uma escala crescente de autonomia, atuando no final, como se cada uma fosse parte do Departamento de P&D de uma indústria.


O profissional

 

A criação do curso de Materiais & Manufatura da EESC foi motivada pela ausência no mercado de Engenheiros com conhecimentos integrados do ciclo de fabricação do produto, desde o projeto, seleção e desenvolvimento de materiais, até a escolha dos processos de fabricação. O profissional estará habilitado a desenvolver ou alterar materiais visando atender as diferentes restrições e oportunidades no projeto e na manufatura. Isto possibilitará a otimização dos recursos a serem utilizados, em termos de disponibilidade e custo, e a qualidade do produto. O caráter inovador deste profissional consiste na sua formação multidisciplinar, capacitando-o a superar os diferentes desafios de um mercado globalizado e comprometido com o desenvolvimento sustentável. O novo tipo de profissional formado deverá atender a maioria das demandas do processo produtivo, concorrendo com grande vantagem no mercado globalizado e crescentemente competitivo.

Áreas de Atuação:

- Indústria Aeronáutica

- Aeroespacial

- Automotiva

- Química e Petroquímica

- Petrolífera

- Bio-Energia e Fontes Alternativas

- Nuclear

- Metal-Mecânica

- Metalúrgica

- Plásticos

- Cerâmicas

- Compósitos

- Eletro-eletrônica

- Biomédica

- Máquinas e Equip. Agrícolas

 

Perfil do profissional

A interação ou integração (Engenharia Integrada) entre as tradicionais Engenharia de Materiais, Projeto e de Manufatura, pressupõe um conhecimento adquirido para o desenvolvimento, a produção e a utilização de produtos/ materiais com aplicação tecnológica. Isto inclui áreas de conhecimento diversas como ciência dos materiais, seleção de materiais, metodologias de projeto para diferentes tipos de materiais, compreensão da influência dos processos de manufatura na definição do projeto e nas propriedades do produto final.

Freqüentemente, ocorrem situações em que é requerido e valorizado um grau de engenharia de base larga, de modo a resolver uma ampla variedade de desafios nas etapas de projeto e manufatura, que só pode ser solucionada por um profissional possuindo conhecimento nestas áreas (projeto e manufatura), porém, e na mesma medida, sobre os materiais de engenharia.

Neste sentido, pretende-se formar um profissional com uma sólida base em materiais, e com conhecimentos equilibrados em projeto e manufatura.

Para isso, é preciso uma compreensão holística dos fundamentos científicos, matemáticos e de engenharia, e a capacidade para aplicá-los criativamente em uma ampla variedade de problemas:

- Desenvolver e selecionar materiais para projetos;

- Definir e aperfeiçoar processos de fabricação visando o material e ferramental;

- Projetar ferramentas, dispositivos e moldes;

- Conceber, projetar e analisar produtos (estruturas e componentes estruturais);

- Desenvolver o produto utilizando o seu forte conhecimento em materiais, bem como os conhecimentos de projeto e processos de fabricação;

- Planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetar e serviços de Engenharia;

- Domínio de técnicas práticas e experimentais;

- Forte capacidade de comunicação;

- Proficiência na utilização da informática como ferramenta;

- Capacidade de pensar na Engenharia em termos sociais, ambientais e políticos;

- Familiaridade com práticas básicas e princípios dos Materiais, Projeto e Manufatura;

- Comprometimento com o aprendizado contínuo.


 

 icone botao mais

 

         Homepage do curso 

EESC para você         

AlumniUSP

Mais Buscados

Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo.