GEESC inicia com homenagem, palestras e atividade cultural

Teve início nesta segunda-feira, dia 15, o 4º Encontro Sobre Gestão da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP, atividade que pretende ampliar o diálogo entre servidores e gestores sobre os processos administrativos da Escola, promovida pela Comissão Assessora para Gestão da Qualidade e Produtividade (CAGQP).

 

eesc geesc primeiro dia site 09 site siteA programação do primeiro dia teve início com a inauguração da placa que oficialmente identificou a Biblioteca da EESC com o nome Prof. Dr. Sérgio Rodrigues Fontes. Grande colaborador do serviço, Fontes foi docente da Escola, vinculado ao Departamento de Engenharia Mecânica durante o período de 2000 a 2013, ano de seu falecimento, quando era presidente da Comissão de Biblioteca. 

 

A atual Chefe do Serviço, Elena Luzia Palloni Gonçalves, comentou que professor era um frequentador assíduo do local e que buscou muitas melhorias para o setor enquanto membro da Escola. Também ressaltou que a sua antecessora na chefia da Biblioteca, Rosana Paschoalino (in memorian), muita amiga de Fontes, sugeriu em vida que o serviço recebesse o nome do professor em agradecimento às suas ações. Além da comunidade EESC estavam presentes membros da família.

 

“É como um dever cumprido ter realizado um desejo da Rosana e também homenagear um colaborador tão importante quanto foi o docente. Dessa forma mantemos a lembrança sempre viva do professor e de suas ações em prol da biblioteca e de toda comunidade da Escola”, afirmou Elena.

 

Seguindo com a programação no período da tarde, a professora Janaina Mascarenhas Hornos da Costa, do Departamento de Engenharia de Produção da EESC, proferiu uma palestra com o tema Metodologia e modelagem de processos. Segundo a docente, essa abordagem é muito aplicada nas empresas privadas e também pode servir para melhorar procedimentos em instituições de ensino superior, como a EESC. Essa teoria é moderna e permite visualizar o todo e não apenas os vieses departamentais e funcionais dentro das organizações, possibilitando a definição de metas e objetivos comuns para todas as equipes de trabalho.

eesc geesc primeiro dia site 15 site site

 “O objetivo é que o servidor entenda como suas atividades estão relacionadas com as de seus colegas. Os processos estão presentes em todas as organizações, normalmente vistos como funções ou como um conjunto de atividades relacionadas por cada área funcional. Porém, cada setor realiza atividades para executar um processo que tem, em geral, um objetivo maior do que sua área funcional. Essa abordagem chamada de gestão por processos, que utiliza modelagem de processo como uma das ferramentas, ajuda a entender como todas as tarefas que as pessoas realizam de maneira funcional estão organizadas em um nível mais abrangente”, explicou.

 

Após um breve coffee break oferecido no Espaço Primavera, os participantes puderam acompanhar a apresentação do professor José Carlos Angelo Cintra, recentemente aposentado pelo Departamento de Geotecnia da EESC, que discorreu sobre o tema Superando conflitos das gerações X e Y: na família, no trabalho e na Universidade.

 

As gerações X e Y estão diferenciadas não apenas pelo tempo decorrente entre elas, mas também pela intensa modificação social causada pelos avanços tecnológicos e, dessa forma, possuem comportamentos muito diferentes e um potencial enorme de ruptura. A palestra permitiu uma melhor compreensão dos conflitos existentes devido às características opostas de cada grupo, além de formas para que os problemas sejam contornados e as capacidades individuais potencializadas.

eesc geesc primeiro dia site 21 site site

O professor apresentou uma abordagem inédita e original que foge do raciocínio de mudar para se adaptar, o qual busca fazer com que uma geração se pareça com a outra. Deslocando o foco para o estabelecimento de relações de compreensão, sua teoria busca uma forma que permita com que pessoas diferentes trabalhem juntas. “A palestra oferece uma reflexão e até um caminho para que haja o bom relacionamento das duas gerações sem nenhum tipo de conflito, conhecendo as diferenças e as respeitando” definiu.

 

Para finalizar a programação do dia, os talentos artísticos de membros da Escola foram reunidos na atividade cultural Nossos talentos e convidados, que ocorreu às 19 horas, no Espaço 7. O local recebeu quadros pintados em tinta óleo sobre tela das servidoras Glaucia Mokross, da Assistência Técnica Administrativa, e Ana Glaucia Fiscarelli, do Serviço de Biblioteca, esta com a exposição Cores e Flores.

 

Também foram exibidas duas exposição fotográficas: uma intitulada Faces do servidor Casimiro Paschoal da Silva, da Seção Técnica de Informática, e outra Macrofotografia – Ciência e natureza, dos professores Luiz Carlos Casteletti e Cassius Olívio Figueiredo Terra Ruchert, do Departamento de Engenharia de Materiais. As mostras foram completadas por esculturas em argila e concreto celular do servidor aposentado Alcides Robles.

 

Enquanto contemplavam as obras e desfrutavam de um momento de integração, os participantes puderam apreciar apresentações musicais do professor Francisco Rocco Lahr, tocando piano, e dos servidores Eduardo Graziosi Silva, também no piano, acompanhado por Casimiro Paschoal da Silva, tocando sax, e Rodrigo Marchiori Mazak, com sua banda Os Creyssons.

 

Por Assessoria de Comunicação da EESC

 

 

 

EESC para você         

AlumniUSP

Mais Buscados

Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo.